Lyft quer ultrapassar rival Uber com abertura de capital

lyft quer ultrapassar uber com abertura de capital

Concorrente direta do Uber nos EUA, Lyft espera elevar em pelo menos US$ 2 bilhões o crescimento da empresa.

Em relação ao seu desempenho na bolsa de valores, a rival do Uber quer alcançar o valor de US$ 62 a US$ 68 no mercado de ações.

Segundo comunicado da própria empresa do ramo de transporte por aplicativo, ela teria um valor de mercado estimado em US$ 19,64 bilhões, já incluso o lote suplementar.

pode chegar ao patamar de quase US$ 20 bilhões em sua estreia no mercado financeiro.

Ao debutar na bolsa de valores, a companhia norte-americana espera arrecadar cerca de US$ 2 bilhões com a comercialização de suas ações em Nova York.

Para isso, a Lyft que tem sede em São Francisco (Califórnia) tem apresentado as intenções da empresa para fortes investidores.

Com esta disputa acirrada entre as duas empresas de transporte por aplicativo, o Uber não quer ficar para trás da concorrente e também quer implantar abertura de capital como parte de seu planejamento para 2019.

Porém, ainda não divulgou quando será e nem quanto pretende captar com a venda de suas ações na bolsa.

As ofertas iniciais para ações da Uber e da Lyft provaram que os experts de tecnologia do Vale do Silício erraram e feio quando pensaram que poderiam sobreviver ao mercado somente com capital vindo da iniciativa privada.

E não foram só eles que subestimaram esta fatia de mercado.

Nos últimos anos, investidores iniciantes com desejo de se desfazerem de suas posições em empresas também planejam a comercialização de suas ações. Neste ranking entram companhias como Airbnb, Slack e Stripe.

Quando o Uber anunciar a venda de suas ações na bolsa, espera atingir o valor de até US$ 120 bilhões, segundo fontes consultadas pela agência Reuters.

Mas na visão de analistas do setor e com base no que já foi divulgado desta empresa na mídia, o valor de mercado não deve ultrapassar os US$ 100 bilhões.

Ambas as companhias de transporte começaram a perder dinheiro e até chegarem a operar no vermelho, o que indica estarem realmente mal no mercado.

Mesmo assim, o Uber leva vantagem em relação à Lyft na venda de ações por se tratar de uma corporação de nível global que também abrange uma logística.

Diferente de sua concorrente que foca somente no nicho de caronas pelos EUA.

*Foto: Divulgação

Ministro quer negociar com EUA para isenção de vistos brasileiros

ministro quer isenção de vistos de brasileiros para eua

Recentemente, o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo anunciou a intenção de negociar com os EUA o fim da exigência de vistos para cidadãos brasileiros que queiram entrar no país como turistas.

A ideia do ministro parte de uma premissa de acordo unilateral, que dispensa a reciprocidade do Brasil em exigir o visto dos americanos em território nacional.

Esta medida também visa o ingresso ao nosso país de pessoas de outros locais do mundo, como australianos, canadenses e japoneses.

Com isso, a economia gira a favor do Turismo, gerando uma receita bilionária, segundo Araújo.

Ernesto também ressalta o interesse em dialogar com autoridades americanas sobre o tratamento dado a brasileiros que visitam o país.

Hoje, por mais que a pessoa comprove toda a documentação necessária para cruzar a alfândega, mesmo assim alguns brasileiros são deportados.

A argumentação brasileira será baseada em uma conversa em que consiga apontar que não pode mais haver qualquer tipo de discriminação e desrespeito por parte dos americanos com nosso país.

Além disso, o turista brasileiro é o povo que mais gasta na terra do Tio San.

Araújo quer aproveitar a aproximação entre os presidentes Jair Bolsonaro e Donald Trump para facilitar este tipo de ação.

PRIORIDADE COM OS PAÍSES QUE JÁ POSSUÍMOS ACORDOS COMERCIAIS

O ministro ressaltou que mesmo esta aproximação entre os dois países não pode interferir nas relações comerciais mantidas com outros países, como a China.

A intenção é honrar o que já foi acordado.

Há a possibilidade de criar uma competição saudável entre os chineses e americanos que são nossos parceiros em investimentos de infraestrutura. É interesse do Brasil trabalhar em todas essas frentes.

ISRAEL

Araújo deixa claro que não há nenhuma decisão confirmada sobre a uma possível transferência da embaixada do Brasil de Tel Aviv para Jerusalém.

Além disso, é uma questão delicada para que o país não se indisponha com as relações que já possui com os povos árabes e muçulmanos.

SOBRE A VENEZUELA

Ernesto confirma que a estratégia do Brasil é não intervir do ponto de vista militar, e sim apenas como ação diplomática e política.

E ainda ressaltou que o Brasil reconhece Juan Guaidó como presidente da Venezuela e que é uma questão de tempo a derrocada de Nicolás Maduro do poder.

*Foto: Reprodução / Flickr – Pedro França/Agência Senado

Desafio #Trashtag Challenge: entenda como aderir à causa ambiental

internautas recolhem lixo em locais públicos

Você já ouviu falar em #TrashTag Challenge?

Se ainda não, entenda os motivos pelo qual este desafio online tem feito milhares de pessoas de vários países, como Índia, México, Argélia, Rússia e Brasil saírem às ruas.

Já estamos acostumados de tempos em tempos com desafios das redes sociais para uma determinada causa.

Mas quando a razão que viraliza na internet é ligada ao meio ambiente e faz muitas crianças, jovens e adultos se mexerem para limparem locais públicos de onde residem, é ainda melhor.

Mas afinal de contas o que é ‘TrashTag Challenge’?

Em tradução livre para o português seria algo como “Desafio do Lixo”.

Além disso, as pessoas que topam o desafio escolhem um lugar público bastante poluído e com excesso de lixo para ser limpo.

Pode ser uma praia, praça, canteiro de estrada (tomando os devidos cuidados, obviamente), ruas e até mesmo uma escola.

Vale tudo se o bem comum é manter o local livre de sujeiras que podem impactar cada vez mais nosso planeta.

Redes Sociais

O desafio começou na verdade em 2015 quando uma empresa norte-americana de produtos para acampar, Uco Gear, criou uma campanha de conscientização para proteger zonas silvestres.

Mas foi somente há poucos dias que a iniciativa de quatro anos atrás ganhou novo fôlego.

A Uco Gear publicou um post em suas redes chamando os jovens que estivessem “entediados” em casa sem fazer nada, para irem às ruas de seu bairro, por exemplo, ou outros locais que soubessem que acumulam muito lixo e os limpassem.

A estratégia deu tão certo que milhares de jovens escolheram os tais lugares e se mobilizaram para recolherem lixo: que compreendemos como papéis, sacolas de plástico, garrafas de vidro, comida, ou seja, qualquer tipo de resíduo que impacte diretamente na natureza.

Com este desafio online está sendo possível recolher toneladas de lixo e que a maior parte pode ir diretamente a locais específicos para serem reciclados.

Ao final de cada ação, o internauta posta em suas redes, como Instagram, Facebook e Twitter uma foto do antes e depois.

O alcance imediato é enorme e já chegou ao Brasil.

Uma jovem de Curitiba acompanhou o desafio lançado pela empresa de camping e postou uma foto do antes e depois de um rio que estava cheio de lixo em volta e convocou seus amigos a fazerem o mesmo, usando a #trashtag como marcação.

Próximos Passos

Não adianta apenas sair às ruas, praias, por exemplo, e recolher o lixo e separá-lo.

Porque num determinado ponto faremos isso constantemente.

O que precisa ser avaliado é a questão da produção de plástico e sua gravidade no dia a dia.

Para Mark Butler, diretor de políticas do Centro Canadense de Ação Ecológica (EAC, da sigla em inglês), a iniciativa da Uco Gear pode gerar uma consciência positiva das pessoas que resultem em mudanças de hábitos e a importância dos plásticos descartáveis.

*Foto: Divulgação

Brumadinho: Vale se beneficia de lei trabalhista de Temer

vale limita indenizações por danos morais

Vale quer usar como estratégia jurídica uma lei trabalhista aprovada pelo então presidente Michel Temer, onde indenizações por danos morais não podem ultrapassar o limite de até 50 salários, de acordo com o valor que a vítima recebia mensalmente.

Esta atitude da empresa, responsável por matar mais de 190 pessoas e deixar cerca de 115 desaparecidos com o rompimento da barragem do Córrego do Feijão no final de janeiro, indignou o MPT (Ministério Público do Trabalho), a Defensoria Pública da União, advogados e parentes de vítimas da tragédia de Brumadinho (MG).

Segundo Geraldo Emediato, procurador do MPT em Minas Gerais e também responsável por conduzir o caso da tragédia de Brumadinho, não tem como fixar um valor por dano moral sofrido por um trabalhador, não só no que se refere ao drama que se instalou na cidade mineira.

Geraldo ressalta que a questão levantada pela Vale como estratégia para pagar bem menos aos parentes das vítimas é um objeto de ADI, ou seja, de ação indireta de inconstitucionalidade, que tramita no STF (Supremo Tribunal Federal), ainda à espera de decisão.

A ação apresentada pela Anamatra (Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho) é baseada na justificativa de caber ao juiz a decisão do valor de pagamento, já que no entendimento da lei, um dano moral não tem preço fixado.

Não se pode definir quanto vale a vida de alguém que morreu soterrada, sem chance alguma de defesa.

Indenizações por danos materiais e morais são uma forma de reparação que já demonstra sua inconstitucionalidade da regra posta em reforma, disse o defensor público da União Antonio de Maia e Pádua, que também atua no caso de Brumadinho.

Agora é aguardar posicionamento da Vale e esperar que eles não utilizem esta regra para desembolsar menos dinheiro aos parentes das vítimas.

Além disso, fazendo um cálculo rápido como exemplo, caso fosse estipulado o limite de até 50 salários de acordo com o que o trabalhador recebia em vida.

Se um empregado ganhasse R$ 12 mil por mês e outro apenas R$ 2 mil, quer dizer que o que tinha vencimento maior, seus parentes ganhariam R$ 600 mil de indenização e a outra família apenas R$ 100 mil.

E a lei trabalhista não é clara neste sentido, pois deveria ser fixado um único valor para as famílias das vítimas.

Não pode existir o pensamento que a vida de um rico vale mais que a de um pobre.

*Foto: Divulgação

Hypera aposta no mercado de vitamina D e antigripais em 2019

hypera aposta no mercado de vitamina D e antigripais em 2019

Após uma melhora em termos de lucro, a empresa Hypera projeta um acréscimo de rendimento para suas marcas de vitamina D e antigripais.

A companhia pretende injetar capital no investimento desses dois nichos de grande índice econômico para este ano, aproveitando que a Hypera Pharma é líder absoluta de mercado com a marca Addera D3, de vitamina D.

Iniciativas nos campos de marketing e forte atuação nos pontos de venda vão ser apresentadas durante os próximos meses.

A gigante de medicamentos pretende concentrar seus investimentos em Capex e inovação, pois também se preocupam com a questão de sustentabilidade a médio e longo prazo.

De acordo com informações da Hypera, eles esperam fechar 2019 com uma receita de R$ 1.225 milhões e aumento de lucro líquido de 8,44%.

Com o crescimento do setor de medicações similares e genéricas em 2018, a empresa enxergou a oportunidade de investir em seus remédios dessa base, além de planejar maior produtividade na fábrica com um esquema de operação 6×2 para atender a demanda do mercado.

Resultado: a corporação conseguiu destacar nos pontos de venda suas marcas líderes de similares, como Doralgina, Flavonid, Histamin e Neosoro.

Entre os lançamentos e também responsáveis por sua alta no setor de prescrição estão os remédios Colflex e Ofolato.

Já na seção de Consumer Health, o ano passado foi bastante promissor com o engajamento de extensão de algumas linhas conhecidas do grande público, entre elas: Biotônico Fontoura e Maracugina.

Para 2019, a Hypera Pharma quer projetar mais investimento nos antigripais não apenas como uma aposta, mas também para superar o ano passado que não foi tão bom como suas outras marcas.

Como a empresa é líder no segmento de antigripal, para eles á importante dar uma atenção especial para que linhas como Benegrip e Coristina D aumentem suas receitas no fim deste ano.

HISTÓRIA

Não é de hoje que a empresa se preocupa em melhorias de logística e capital de giro.

Esse crescimento da corporação vem desde a mudança de sua reformulação, quando deixou de ser a gigante Hypermarcas, que focava em negócios dos setores de alimentação, beleza e higiene para se transformar em uma companhia baseada em um mercado essencialmente farmacêutico.

CONSULTORIA JURÍDICA

Desde julho de 2018, a Hypera Pharma conta com a consultoria jurídica do advogado Vitor Hallack.

A parceria tem dado certo, e prova disso é seu crescimento nos últimos meses nos segmentos de medicação similar e genérica, dentre outros setores.

Com vasta experiência em prestar consultoria em momentos de crise de uma empresa, Hallack presidiu o conselho do grupo Carmargo Corrêa de 2006 a 2016.

Além disso, o executivo também passou por importantes empresas brasileiras, como o Grupo Bozano, que assim como a Hypera em seu início, é focada em produtos de higiene pessoal.

*Foto: Divulgação

Marlin Navegação: empresa marítima respeita questões ambientais

marlin navegação respeita o meio ambiente

A Marlin Navegação de apoio marítimo tem se destacado cada vez mais neste setor.

Entre os valores e missões da companhia está o respeito e comprometimento em não impactar o meio ambiente pelo seu ramo de atividade.

Para isso, ela se compromete cada vez mais possuir um pessoal especializado em embarcações dos tipos AHTS e OSRV.

Estes dois nichos garantem a qualidade e crescimento organizado de seu negócio.

Além de primar pela excelência e transparência no tratamento com seus clientes.

A empresa também se preocupa com questões sociais, ligada às mulheres que fazem parte do quadro de funcionários, por exemplo.

Neste mês de março, quando é o comemorado o dia Internacional da Mulher, houve uma palestra sobre saúde íntima feminina.

Com isso, a Marlin cria uma maior aproximação com seus prestadores de serviços de um modo geral.

Todos estes fatores, além das questões socioambientais, revisões de suas embarcações e tecnologias avançadas fazem da Marlin Navegação uma companhia que contribui para o desenvolvimento social como um todo.

As embarcações do tipo AHTS atendem um mercado exigente de operações offshore.

Enquanto que o transporte marítimo OSRV é capaz de atuar no recolhimento de óleo vazado em regiões oceânicas por conseguir chegar até a mancha do produto tóxico com maior rapidez.

Com isso, a empresa cumpre seu papel de não querer impactar o meio ambiente.

A parte econômica da empresa está em alta.

Prova disso foi a divulgação no início de março sobre a necessidade de ampliar seu quadro de funcionários justamente nas especialidades de embarcações AHTS e OSRV.

Os interessados tinham que acessar o LinkedIn da companhia para maiores informações de como se candidatar a mais de dez cargos.

Com atitudes como estas, a Marlin tem como meta estar entre as cinco melhores corporações brasileiras de navegação do setor de apoio marítimo até 2020.

Ao contrário de diversas empresas desse e outros segmentos que têm segurado a hora de investir, a Marlin Navegação pensa diferente e quer se destacar no setor.

A firma faz parte de um conglomerado de empresas que atendem o mercado de gás e óleo no Brasil.

Entre seus financiadores está a companhia do empresário Alberto Guth, a Angra Partners, que é especializada em gestão de Private Equity.

*Foto: Divulgação

Os Eternos: Filme da Marvel pode trazer primeiro super-herói gay

Marvel lançará primeiro super-herói gay

Rumores divulgados há algumas semanas a respeito do novo filme da Marvel, “Os Eternos”, de que lançaria o primeiro super-herói gay da história ainda não foi confirmado pela produção do longa-metragem.

De acordo com informações anunciadas em alguns sites do segmento de entretenimento, o personagem da maior editora de histórias em quadrinhos do mundo seria descrito como abertamente LGBTQ+ (lésbicas, gays, bissexuais, transexuais e queers).

Em recente entrevista à revista norte-americana “Variety”, a chefe de produção do filme, Victoria Alonso, disse que o mundo está pronto para absorver um personagem que integre um grupo de super-heróis e ainda represente a diversidade de opção sexual.

Em relação aos rumores em torno de qual astro assumiria este papel no cinema, a produtora ressalta que está mais preocupada em formar a melhor equipe de atuação e não confirmou se necessariamente um homossexual daria vida ao personagem em questão.

Segundo Alonso, a Marvel acha de extrema importância lançar produções em que todos se identifiquem com a história e chamou a atenção pela luta de igualdade de gênero e que não poderiam e nem querem se omitir diante desse assunto que assola o mundo.

Fatores como diversidade e inclusão fazem parte do universo de suas histórias, ou seja, a empresa de quadrinhos quer incluir em suas tramas todos os tipos de pessoas que lotam as salas de cinema para assisti-las.

Recentemente, entrou em cartaz em vários países o longa “Capitã Marvel”, colocando a mulher em primeiro patamar e discutindo o papel da representatividade feminina nos dias de hoje, um tema tão necessários e urgente em debater.

Em breve, a Marvel dará mais informações sobre “Os Eternos”.

*Foto: Divulgação

Mark Zuckerberg integrará chats do Facebook, Instagram e Whatsapp

mark zuckerberg integra chat de redes sociais

Foi confirmada pelo empresário americano, Mark Zuckerberg, a integração da famosa “janelinha de conversa” de suas três marcas: Facebook, Instagram e Whatsapp.

A medida vai permitir que os contatos de um dos aplicativos seja acessível aos demais, porém ainda não foi divulgado o prazo para o início desta operação.

Os rumores sobre a nova proposta já circulavam na mídia desde o início do ano e ainda promete mudanças ao longo dos anos, aperfeiçoando cada vez mais os aplicativos da empresa de Zuckerberg.

Segundo o presidente das três marcas, o futuro dessas tecnologias estão baseados no sistema de privacidade e a conversa em tempo real, aliados a uma maior segurança para este tipo de serviço.

As implementações requerem cuidado e novas discussões.

Hoje, se você quiser enviar um recado a um amigo, é preciso escolher das redes sociais quer utilizar.

Com a mudança anunciada por Mark será possível mandar uma mensagem pelo Instagram Direct para qualquer contato seu e a pessoa receber em um dos três apps, conforme sua própria escolha.

Além disso, as interações dos amigos às histórias (stories) publicadas no Instagram que já se integravam ao Facebook por escolha do próprio usuário, poderão aparecer em único local.

Futuramente, a integração dos chats desses apps incluirá o serviço de SMS.

NADA DE FUSÃO

O chefão do Facebook também deixa claro que não vai haver uma fusão entre os aplicativos de sua empresa, e sim melhorar o desempenho do Messenger e Whatsapp.

O desejo de Mark é que ambas as plataformas de conversa se tornem os principais meios de comunicação no Facebook, aperfeiçoando a rapidez e aumentando a segurança (uso de criptografia) e privacidade.

MÁXIMA PRIVACIDADE

Cada vez mais o uso do bate-papo das redes sociais têm sido o principal foco dos usuários, além dos tradicionais posts, seja de textos ou de imagens e vídeos.

Foi observado pelo próprio executivo esta mudança de interação entre os internautas.

Criticado no passado por tornar o Facebook um meio digital com abertura para divulgação de dados confidenciais de seus usuários, Zuckerberg ressalta que quer tornar a rede um ambiente totalmente focado na privacidade de qualquer pessoa que decida criar uma conta e passar a interagir com outros contatos.

*Foto: Divulgação

Rendimento no Tesouro Direto pode ser superior à taxa de compra

ganho tesouro direto maior que taxa de compra

Muitos investidores têm motivos de sobra para estarem alegres. Nos últimos meses, os títulos Tesouro Prefixado e Tesouro IPCA tiveram rendimento muito superior à taxa prometida (quase 10% só em um mês).

Não se preocupe se você ainda não possui esses títulos, pois ainda dá tempo adquiri-los e em um curto prazo podem render mais que a alíquota de juros prometida para o vencimento (aquela que surge na hora da aquisição)

POR QUE OS PREÇOS VARIAM?

Os papéis do Tesouro estão sujeitos à marcação a mercado, mesmo sendo títulos de renda fixa.

O valor dele em reais é ajustado diariamente de acordo com as expectativas do mercado em relação à taxa de juros.

POR QUE OS TÍTULOS SE VALORIZARAM TANTO?

Nos últimos meses, as expectativas do mercado para os juros mudaram bastante. O motivo claro disso foram as eleições. Com o atual governo, os prêmios despencaram.

Esse ajuste se refletiu nas taxas de juros dos títulos, tanto de vencimento mais curto quanto de vencimento mais longo.

Com a queda nos juros, os preços dos títulos dispararam.

Em suma, quem já tinha o papel e quiser vendê-lo pode embolsar o lucro e quem quiser ficar com o papel até a data de vencimento pode receber a taxa que estava acordada na hora da compra.

AINDA VALE A PENA COMPRAR?

Se as reformas do novo governo forem aprovadas, a Selic pode cair ainda mais. Com isso, se houver queda dos juros, os títulos vão se valorizar e ter a chance ganhos extras com prêmios na renda fixa.

E SE O CENÁRIO MUDAR?

Se o cenário mudar, seja em relação à reforma da Previdência ou de outro agravante, basta que o investidor continue com seu título até o vencimento sem nenhum prejuízo.

QUAL TÍTULO DEVO ADQUIRIR?

No momento os mais atraentes são os do Tesouro IPCA com vencimento mais longo.

Esses títulos pagam hoje juros superiores ao IPCA mais 4% ao ano.

*Foto: Reprodução / Free Images – Karl Mooney

Musicoterapia: Método de tratamento chega às periferias

musicoterapia em zonas periféricas

Antigamente, uma linha de terapia ligada à música não era muito difundida no Brasil, fato é que as faculdades de Musicoterapia no país ainda são poucas em relação a outros cursos superiores ligados à área da saúde.

Em zonas periféricas do território nacional, principalmente na cidade de São Paulo, já se encontra esta vertente de terapia para tratar mulheres que sofreram de abuso, por exemplo.

Como a Musicoterapia atua neste caso?

Através de recursos sonoros com a utilização de instrumentos musicais ou simplesmente por sons emitidos pelo próprio corpo é possível identificar pontos de tensão que podem estar ligados à violência doméstica ou à depressão, que também envolve a falta de tempo para cuidar de si mesma.

Muitas dessas mulheres têm dupla jornada, ou seja, chegar do trabalho e ainda cuidar dos filhos e esquecem de cuidar de sua saúde mental.

O Coletivo MT é um exemplo de entidade que auxilia mulheres na periferia do extremo Sul da capital paulista, desenvolvendo um trabalho em bairros como o Grajaú.

O coletivo oferece o tratamento gratuitamente na intenção do público feminino se abrir e quebrar um silêncio doloroso, além da dificuldade de acesso por estas pessoas morarem em regiões periféricas e na maioria das vezes não podem arcar com custos de uma terapia convencional.

Os encontros são realizados em dia e horário estabelecidos pelos musicoterapeutas voluntários. Em muitos casos, estes profissionais também residem na mesma região das sessões para facilitar ainda mais o acesso.

A musicoterapia em grupo ministrada para essas mulheres faz com que percebam que aquele momento entre elas pode levar à reflexão sobre assuntos de autocuidado, intimidade e saúde emocional.

Como participar:

Coletivo MT atende no Centro de Cidadania da Mulher da Capela do Socorro toda segunda-feira, das 10h30 às 11h30 e é gratuito. Para ingressar no grupo, basta preencher um formulário com dados básicos. Endereço: Rua Professor Oscar Barreto Filho, 350, Grajaú – Contato: (11) 5927-3102 / 5929-9334.

atendimento psicológico em universidade

*Foto: Reprodução / Flickr – Clínica Escola da faculdade de Psicologia UFC – Viktor Braga

Atendimento psicológico em Universidades da Zona Leste

Além da Musicoterapia na Zona Sul, há também a oferta de tratamento psicológico em faculdades da zona leste de São Paulo.

Para participar, a pessoa tem que morar na região onde são realizados os atendimentos. As sessões são ministradas pelos próprios alunos dos cursos de Psicologia dessas instituições, com supervisão de seus professores.

Cada universidade tem um critério próprio de seleção de novos pacientes.

Quem oferece o tratamento:

Universidade Cruzeiro do Sul – UNICSUL – Endereço: Rua Taiuvinha, 26 – Campus São Miguel – Telefone: (11) 2037-5853. De segunda à sexta-feira, das 10h às 20h, e sábados, das 9h às 11h.

Universidade São Judas Tadeu – USJT – Clínica de Psicologia Aplicada – Endereço: Rua Marcial, 45 – Mooca – Telefone: 2799-1831. De segunda à sexta-feira, das 10h às 22h e aos sábados das 8h às 14h.

*Foto Capa: Reprodução / Flickr – Ribamar Neto