Curso de marketing com foco no Spotify abre vagas

Marketing com foco no Spotify

Marketing com foco no Spotify é uma das estratégias que vêm crescendo que envolve o mercado digital

Com o crescimento do mercado de marketing digital, as companhias do setor apostam no aumento das vendas. Segundo a Pesquisa Maturidade do Marketing Digital e Vendas no Brasil, 94% das empresas escolheram o marketing digital como estratégia de crescimento no último ano.

Marketing com foco no Spotify

Recentemente, o marketing com foco no Spotify, surge do ponto de vista do universo digital apostar em cursos que podem contribuir para nas vendas de empresas como a de streaming musical.

É o que explica o CEO e fundador da V4 Company, Dener Lippert:

“Todos os dias uma grande marca e milhares de pequenos negócios migram para o marketing digital. E esse movimento só está começando.”

Ele diz ainda que a procura por profissionais especializados na área também cresceu.

O curso

Além disso, é neste panorama que a maior assessoria de marketing do Brasil, a V4 Company, abriu nesta semana as inscrições para o curso Assessor de Marketing. Ele será dividido em 13 módulos, que engloba o conhecimento e todas as ferramentas para se destacar neste mercado em ascensão.

Outra vantagem do curso é que os 50 alunos mais bem avaliados também podem concorrer, ao final do curso, a uma vaga para trabalhar como assessor de marketing na V4 Company.

Além do Spotify, a assessoria também ajudou no crescimento de vendas das empresas SmartFit e Melissa.

Conteúdo das aulas

Confira o conteúdo completo das aulas:

  • Módulo 1 – A Base de tudo
  • Módulo 2 – Alinhando a Visão sobre o Marketing
  • Módulo 3 – Fundamentos de Negócios
  • Módulo 4 – Tornando-se um Cientista
  • Módulo 5 – Neuromarketing & Economia Comportamental
  • Módulo 6 – Produto & Planejamento
  • Módulo 7 – Customer Experience
  • Módulo 8 – A Importância do Método
  • Módulo 9 – Primeiro Pilar – Tráfego
  • Módulo 10 – Segundo Pilar – Engajamento
  • Módulo 11 – Terceiro Pilar – Conversão
  • Módulo 12 – Quarto Pilar – Retenção
  • Módulo 13 – Módulo 13 – Playbooks

A V4 Company

A V4 Company é uma das maiores redes de franquias de marketing digital do país. Focada na implementação de processos de venda pela internet, a empresa possui 200 escritórios espalhados pelo Brasil e cresce, em média, 13% ao mês. Entre 2019 e 2021, apesar da pandemia, registrou um alto crescimento: 400%.

*Foto: Unsplash

Drones em Sergipe: iFood inicia entregas nesta região

Drones em Sergipe

Drones em Sergipe estão aliados à iniciativa foodtech, que testa o meio de transporte há mais de um ano e inaugura seu primeiro trecho oficial com voos diários

O iFood acaba de iniciar o uso efetivo de drones em Sergipe, mais precisamente em Aracaju. Sendo assim, serão realizados diariamente voos com entregas intermunicipais que atravessarão o rio Sergipe.

De acordo com Fernando Martins, head de logística e inovação no iFood:

“Nosso objetivo é aumentar a eficiência das entregas para todos: consumidores, restaurantes e entregadores, além de levar soluções tecnológicas e alternativas para o delivery em modais não poluentes.”

Operação dos drones em Sergipe

Já a operação dos drones fica a cargo da Speedbird Aero, parceira do iFood, explica Manoel Coelho, CEO da Speedbird Aero:

“As aeronaves não tripuladas estão sendo cada vez mais utilizadas na logística de entrega de produtos em alguns países do mundo – e o Brasil tem desempenhado um papel disruptivo. É uma evolução constante, trazendo não só mais segurança, eficácia, e redução de tempo, mas também contribuindo na redução da emissão de CO2.”

Início dos testes

Além disso, o iFood iniciou a fase de testes do uso de drones, bicicletas e patinetes elétricos como parte dos esforços para ganhar eficiência logística. E também de expandir o alcance geográfico no Brasil em 2019. É o que revela Carlos Moyses, então presidente do iFood.

“Fizemos testes com sucesso usando drones, incluindo para entrega de refeições num bloco de carnaval em São Paulo.”

Em agosto de 2020, a plataforma de tecnologia recebeu aval da Agência Nacional Aviação Civil (Anac) para voos experimentais.

*Foto: Unsplash

Floresta de pé: negócio impacta comércio de produtos da Amazônia

Floresta de pé na Amazônia

Floresta de pé tem projeto com base no estudo A onda verde, da Climate Ventures e Pipe.Labo

Com base no estudo A onda verde, da Climate Ventures e Pipe.Labo, o projeto de floresta de pé pode contar com oportunidades de empreendimento e investimento com impacto social e ambiental no Brasil.

Projeto floresta de pé

As soluções para a floresta de pé tem como ponto de partida o uso do solo. Isso porque propõe desafios que impactam na produção de alimentos em larga escala, além da perda de produção ao longo das cadeias de valor. E ainda inclui assistência técnica ao produtor e rastreabilidade de produtos.

Práticas de gestão

Em relação ao mapeamento, ficou evidente que as oportunidades do setor florestal revelam a importância de viabilizar práticas de gestão. Estas devem promover a conservação e, ao mesmo tempo, que se mostrem atrativas financeiramente falando.

Além disso, tais iniciativas devem compreender as soluções tecnológicas e a inovação na gestão dos negócios. E isso indica tanto a necessidade de fortalecimento da produção florestal quanto à integração com mercados e cadeias de valor mais estruturadas. E é neste cenário que aparece a Apoena.

Onesimo Maurillo Jacinto e Kátia Piêra Batista Gomes fundaram a empresa em 2020, na cidade de Tefé, no coração da Amazônia. Hoje, a Apoena atua com mais de 50 extrativistas locais, que fornecem ao negócio de impacto socioambiental produtos como: óleos vegetais e essenciais, farinha regional e frutas típicas da floresta.

Soluções de beneficiamento para floresta de pé

A partir de insumos de base vegetal, antes comercializados in natura pelos produtores da floresta amazônica, a Apoena desenvolveu soluções de beneficiamento e de venda dentro de programas norteados por boas práticas no extrativismo. E isso tudo qualifica a comercialização com melhores arranjos produtivos. O resultado: um processo mais eficiente de ponta a ponta. Vale destacar que a própria empresa a questão logística, que é o grande desafio da região. Atualmente, São Paulo, Paraná, Minas Gerais, Goiás e Rio de Janeiro estão no mapa de cidades atendidas.

Na prática

Em suma, a empresa vende a farinha de mandioca Seu Joca, andiroba, copaíba, bre0branco, castanhas e óleos vegetais. No centro do trabalho dos empreendedores está a valorização dos pequenos produtores regionais, dos municípios de Uarini e Tefé; moradores nos entornos dos rios Japurá, Juruá, Coari Grande, Baiana e Igarapé-Açu. Estes cidadãos brasileiros que pautam o próprio cotidiano com impacto socioambiental e econômico positivo.

Automação social da produção local

Uma das vantagens da Apoena vem da automação social da produção local. E ela é focada em melhorar as condições de trabalho dos produtores rurais sem eliminar postos de trabalho.

Além disso, o negócio conta com estratégias que incluem:

  • disseminação de informações, via workshops e treinamentos, para a diminuição do uso do fogo;
  • a valorização da ‘floresta em pé’;
  • práticas de uso responsável do solo;
  • aumento de renda com uso de práticas que elevam a produtividade;
  • e a difusão de experiência pelo exemplo, que é genuíno e envolve um método de aprendizagem dos povos ancestrais.

Clientes

Entre os clientes deste negócio de economia circular escalável estão: a indústria de alimentação, representação comercial, supermercados, empórios, restaurantes, cafés e até compradores avulsos.

Por fim, para o futuro, o empreendedor indica que a meta é ampliar as parcerias a fim de potencializar as ideias inovadoras. Isso inclui a abundância de matéria-prima, que aqui é representada por resíduos de espécies nativas, podendo estimular uma destinação ecologicamente sustentável como carvão ativo, biomassa e tijolo ecológico, entre outros.

*Foto: Divulgação

Pontos de coleta de vidro em SP: Pão de Açúcar realiza expansão

Pontos de coleta de vidro em SP

Pontos de coleta de vidro em SP já coletaram mais de 35 toneladas de resíduos

Hoje, mais de 35 toneladas de resíduos de vidro na cidade de São Paulo já foram coletados pelo programa “Tem vidro usado para ser reciclado? Resolve no Minuto”.

O projeto da rede Pão de Açúcar começou em 2020 e incentiva o descarte correto de embalagens de vidro pós-consumo. Além disso, agora será expandido e vão englobar 53 unidades do Minuto Pão de Açúcar na capital paulista.

Pontos de coleta de vidro em SP

A iniciativa é uma parceria entre a Ambev, a startup Green Mining, juntamente com o GPA, detentor da rede Minuto Pão de Açúcar.

Sendo assim, o serviço se amplia agora com a disponibilidade de pontos de coleta de vidro em SP. Eles são exclusivos para o descarte de garrafas plásticas (PET) em seis lojas da rede. Com isso, pode ser garrafas de refrigerante, água e outras embalagens identificadas com o símbolo do plástico tipo 1. Mas desde que estejam limpas e secas.

Coletores

Já os coletores da Green Mining, contratados e capacitados, recebem no smartphone um mapa roteirizado dos locais onde devem buscar as embalagens.

Ao chegar ao ponto de coleta, é feita a primeira pesagem dos resíduos que são registrados, junto com sua foto, no sistema, por meio de tecnologia blockchain. Isso garante que a embalagem coletada seja do pós-consumo. Em seguida, o material é levado até um ponto de concentração (Hub) e, quando chega a um determinado volume, tanto o PET quanto o vidro são enviados para reciclagem em empresas parceiras AMBEV e retornam para a cadeia em forma de conteúdo reciclado nas embalagens.

Pouca reciclagem

Apesar de tudo isso, o Brasil ainda é um país que recicla muito pouco, apenas cerca de 5,3% do potencial. Os dados são do Ministério do Meio Ambiente. Portanto, a disponibilidade e acessibilidade da população aos Pontos de Entrega Voluntária são fundamentais para mudar esta realidade.

Logística reversa

Segundo o presidente da startup, Rodrigo oliveira, a logística reversa possui espaço para muitas soluções dentro e fora do país, além da ampliação desse projeto mostrar o quanto a cooperação e evolução tecnológica são aliadas da sustentabilidade.

“A tecnologia utilizada para proporcionar eficiência em iniciativas sustentáveis permite que ações concretas e contínuas sejam implantadas e multiplicadas. A terceira expansão deste projeto e o início da coleta de embalagens PET é um importante reconhecimento às empresas que encaram o desafio de fazer logística reversa de verdade.”

Já para Nayara Baccan Pereira, Gerente de Sustentabilidade da Ambev, “apostamos e investimos em logística reversa em diversas frentes, sempre buscando trazer facilidade ao consumidor para incluí-los nesta jornada. Temos compromissos voltados para embalagem circular para serem atingidos até 2025, além de metas focadas em ação climática, gestão da água e agricultura sustentável. Inovação, atitudes coletivas e parcerias com o ecossistema, como a expansão de mais essa iniciativa ao lado da Green Mining e GPA, reforçam a nossa certeza de que o engajamento de todos pode nos levar a um futuro mais sustentável”.

E também completou:

“Estamos muito orgulhosos de anunciar junto à Green Mining e Ambev a expansão dos pontos de coleta de vidro para 92% do parque de lojas do Minuto Pão de Açúcar em São Paulo, e iniciar o projeto piloto de coleta de embalagens PET em seis de nossas lojas”, diz Paulo Epaminondas, diretor de Operações de Negócios Especializados do GPA. “Iniciativas como estas estimulam um consumo mais consciente, além de facilitar e incentivar nossos clientes a adotarem atitudes mais sustentáveis.”

História do projeto

Iniciado 2020, o projeto “Tem vidro usado para ser reciclado? Resolve no Minuto” contava apenas com seis lojas participantes. Rapidamente, ampliou este número para 23 unidades no fim do mesmo ano.

Agora, o programa anuncia a expansão para todas as regiões da capital paulista, atingindo 53 lojas do Minuto Pão de Açúcar. Além disso, vale destacar que a iniciativa está em linha com a estratégia de sustentabilidade do GPA, que possui o compromisso de combater as alterações climáticas e o incentivo da economia circular.

*Foto: Unsplash/Lacey Williams

Brasil Game Show 2022 será presencial: saiba como adquirir ingressos

Brasil Game Show 2022

Brasil Game Show 2022 acontecerá em outubro e é considerada a maior feira de games e jogos da América latina

Nesta semana abriu a venda de ingressos para a Brasil Game Show (BGS), considerada a maior feira de games e jogos da América Latina. Esta é a 13ª edição do evento de tecnologia, que acontecerá entre os dias 6 e 12 de outubro de 2022.

Vale lembrar que a edição de 2020 precisou ser adiada em razão da pandemia de Covid-19.

Brasil Game Show 2022

Para quem não quer perder um grande desconto de 60%, corra para garantir seu ingresso com este preço até a próxima segunda-feira (29). Pois trata-se de uma promoção em razão da Black Friday.

De acordo com o CEO e fundado da Brasil Game Show, Marcelo Tavares:

“Depois de quase dois anos longe do público, o time da BGS está muito empenhado em fazer a maior e melhor edição de todos os tempos.”

Aviso sobre as edições canceladas de 2020 e 2021

Entretanto, quem já garantiu os ingressos para as edições que aconteceriam em 2020 e 2021, mas que foram canceladas por conta da pandemia, poderão ter acesso normalmente ao eventos com estes tíquetes.

Atrações confirmadas

Em relação às atrações confirmadas, estão dubladores do calibre de Andy Field, da Marvel Avengers Academy, Paladins e da série de terror Five Nights at Freddy’s, e D.C. Douglas, que faz a voz de Albert Wesker, em Resident Evil.

Novos anúncios

Mas novos anúncios de convidados serão feitos nos próximos meses. No ano que vem, o evento contará com 400 expositores, lançamentos de jogos, campeonatos de eSports, concursos de cosplay e divulgação de jogos de desenvolvedores independentes.

Vale destacar que alguns dos ingressos garantem o acesso à área de desenvolvimento de negócios e dias de imprensa do evento.

A BGS acontece no Expo Center Norte, em São Paulo.

Opções de ingressos para a Brasil Game Show 2022

Por outro lado, a Brasil Game Show 2022 contará com mais dias. Portanto, haverá opções diferentes de ingressos. Sendo assim, eles podem ser adquiridos para os dias úteis ou para o final de semana. Veja abaixo as opções:

Individual dias úteis (meia-entrada): R$ 79 (ingresso válido para os dias 7, 10 ou 11 de outubro)

Individual fim de semana ou feriado (meia-entrada): R$ 119 (ingresso válido para os dias 8, 9 ou 12 de outubro)

Passaporte 7, 8, 9 e 10 de outubro (meia-entrada): R$ 319. Com esse ingresso, o visitante paga por três dias de evento e tem acesso a quatro.

Passaporte 9, 10, 11 e 12 de outubro (meia-entrada): R$ 319. Com esse ingresso, o visitante paga por três dias de evento e tem acesso a quatro

Passaporte Premium (meia-entrada): R$ 557 (acesso a todos os dias de evento, incluindo o dia exclusivo de imprensa e negócios – 6, 7, 8, 9,10, 11 e 12 de outubro). Também permite acesso diferenciado – Ingressos limitados

Passaporte Business (inteira): R$ 557 (pacote para os dias 6, 7, 10 e 11 de de outubro). Também permite acesso diferenciado, à área B2B e ao sistema matchmaking

Camarotes

Camarote individual: R$ 400 – válido para um dia de evento (exceto 6/10). Garante entrada exclusiva a partir das 11h30 – uma hora e meia antes da abertura oficial para o público. Ingresso dá acesso às primeiras fileiras da arena da BGS Esports, a área exclusiva com lounge, open drink de energéticos e snacks, sessões de massagem, serviços de barbearia para homens e de beleza para mulheres e meet & greet com convidados da feira)

Passaporte Camarote: R$ 1.500 – válido para todos os dias do evento, incluindo 6 de outubro, exclusivo para imprensa e negócios. Garante entrada exclusiva. Em 6/10, a entrada é a partir das 15h, e de 7 a 12/10 a partir das 11h30 – uma hora e meia antes da abertura oficial para o público. Ingresso dá acesso às primeiras fileiras da arena da BGS Esports, a área exclusiva com lounge, open drink de energéticos e snacks, sessões de massagem, serviços de barbearia para homens e de beleza para mulheres e meet & greet com convidados da feira.

*Foto: Divulgação

Figurinhas da Alexa para o WhatsApp são lançadas

Figurinhas da Alexa

Figurinhas da Alexa revela comandos curiosos e já estão disponíveis para download

Na terça-feira (9), a gigante de tecnologia, Amazon lançou alguns comandos curiosos que podem ser usados em caixinhas de som com Alexa. Além disso, a assistente virtual conquistou uma coleção de figurinhas de WhatsApp com frases divertidas. Elas já estão disponíveis para download pelos usuários com smartphones Android e o iPhone (iOS).

Figurinhas da Alexa no WhatsApp

No total, são nove figurinhas da Alexa que podem ser compartilhadas no WhatsApp. O download dos adesivos pode ser realizado por meio do aplicativo Sticker.ly. Esta é uma plataforma que possibilita criar stickers, ou podem ser geradas clicando neste link.

Comandos

Contudo, entre os novos comandos, estão: “Alexa, faz meu almoço” e “Alexa, termina o meu TCC”. Ambas contêm respostas engraçadas, sugestões de receitas ou playlists musicais.

Comandos divulgados pela Amazon

Confira abaixo os comandos divulgados pela Amazon e algumas das respostas da assistente virtual:

  • “Alexa, faz meu almoço” – Como uma inteligência artificial, não sei cozinhar, mas posso te ajudar a pedir comida ou te mostrar uma receita.
  • “Alexa, paga meus boletos” – Vou ficar te devendo essa.
  • “Alexa, termina o meu TCC” – Força, está na reta final. Em seguida, a assistente indica uma playlist para os estudos.
  • “Alexa, chora comigo” – Eu não posso chorar nem tenho ombro para oferecer, mas posso tocar sua música preferida. Ajuda?
  • “Alexa, trabalhe por mim” – Confesso que estou bem atarefada na nuvem.
  • “Alexa, chama o VAR” – Aqui, a assistente virtual indica quais são as regras do Video Assistant Referee, o árbitro assistente de vídeo usado em alguns campeonatos de futebol.
  • “Alexa, malha por mim”
  • “Alexa, me segura”
  • “Alexa, bom dia”

Caixinhas de som Echo

Por fim, a assistente virtual Alexa pode ser utilizada em caixinhas de som Echo. Elas estão disponíveis na Amazon a partir de R$ 293. E ainda é possível acionar a assistente em qualquer celular Android ou iPhone, por meio do aplicativo Amazon Alexa.

*Foto: Reprodução/Lucas Santos/TechTudo

Registro preliminar de IPO do Nubank: pedido confidencial

IPO do Nubank

IPO do Nubank foi registrado tanto na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) quanto na SEC (Securities and Exchange Commission), reguladora do mercado de capitais nos Estados Unidos

Nesta quarta-feira (27), o Nubank entrou com pedido confidencial para registro preliminar de IPO (oferta pública inicial de ações). E isso, tanto na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) quanto na SEC (Securities and Exchange Commission), reguladora do mercado de capitais nos Estados Unidos.

IPO do Nubank

Hoje, o Nubank é a maior fintech da América Latina. O banco digital conquistou este título por querer abrir seu capital no EUA no começo do ano que vem.

No Brasil, o IPO do Nubank diz respeito à CVM e à B3, com listagem de emissor estrangeiro categoria “A”; registro e admissão à negociação de programa de BDRs patrocinado, de nível 3; e registro de oferta pública inicial de distribuição de BDRs representando ações ordinárias classe A.

Pedido confidencial de IPO do Nubank

Além disso, por se tratar de um pedido confidencial, os números da empresa, em termos do setor de economia em ascensão, ainda estão sob sigilo. Porém, a expectativa é de que a fintech seja avaliada em mais de US$ 55 bilhões.

Vale reforçar que duas semanas atrás, o Nubank informou ter atingido seu primeiro semestre no azul da história. A empresa reportou também que seu lucro líquido foi de R$ 76 milhões, entre janeiro e junho deste ano. No mesmo período de 2020, a fintech teve prejuízo de R$ 95 milhões.

Acionistas

Contudo, outro fator positivo antes do IPO é o respaldo de seus acionistas. Isso porque em junho, o Nubank recebeu US$ 750 milhões em aportes, chegando a um valuation de US$ 30 bilhões.

Última captação

Em sua última captação, a empresa recebeu US$ 500 milhões da Berkshire Hathaway, holding do bilionário Warren Buffett, um dos maiores investidores do mundo.

Já o investimento de US$ 250 milhões foi liderado pela gestora americana Sands Capital e contou com a participação das gestoras brasileiras Absoluto, de José Zitelmann e Gustavo Hungria, e Verde, do também grande investidor Luis Stuhlberger.

*Foto: Unsplash/Neon Brand

Projetos sociais do Banco do Nordeste: abertura de editais

projetos-sociais-do-banco-do-nordeste-abertura-de-editais

Projetos sociais do Banco do Nordeste recebem inscrições até o dia 31 de outubro

Ainda dá tempo de se inscrever nos projetos sociais do Banco do Nordeste (BNB). Os Editais de Apoio têm como objetivo selecionar projetos sociais, esportivos e de saúde. Todos eles devem priorizar a redução de desigualdades sociais, além de fomentar a educação e a cidadania, assim como proteger crianças, adolescentes, adultos e idosos em situação de risco e vulnerabilidade social.

Ou seja, tais propostas devem conter uma avaliação de impacto para que realmente tenha uma mudança social por meio de um projeto.

Projetos sociais do Banco do Nordeste – que pode participar

Para participar dos projetos sociais do Banco do Nordeste é preciso ter propostas que estejam situadas na área de atuação do BNB. A iniciativa abrange municípios de todos os estados da região Nordeste e do Norte dos estados de Minas Gerais e do Espírito Santo. Confira abaixo as seguintes leis de incentivo impostas pela instituição:

  • Lei Federal 8.069/1990 (Fundo da Infância e Adolescência) – FIA;
  • Leis Federais 10.741 (Estatuto do Idoso) e 12.213 (Fundo Nacional do Idoso) – IDOSO;
  • Lei Federal 11.438 (Lei de Incentivo ao Esporte) – ESPORTE;
  • Lei Federal 12.715/2012 e Decreto 7.988/2013 – PRONON – Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica e PRONAS/PCD – Programa Nacional de Apoio à Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência) – PRONON e PRONAS/PCD.

Editais específicos

Sendo assim, a instituição lançou editais específicos de seleção de projetos para cada lei de incentivo. Com isso, as organizações podem participar de um dos quatro editais disponíveis conforme sua atuação. Veja os editais:

  • Edital FIA 2021
  • Edital Idoso 2021
  • Edital Esporte 2021
  • Edital PRONON e PRONAS/PCD 2021

Valores dos projetos

O valor destinado a cada projeto ficou da seguinte forma: os da FIA, Idoso e Esporte será de, no mínimo, R$ 50 mil e no máximo, R$ 250 mil. Já para os projetos PRONON e PRONAS será destinado o valor de até R$ 300 mil.

Inscrições e acesso ao edital

As inscrições para os Projetos Sociais 2021 vão até o dia 31 de outubro.

Para ler o edital completo de cada modalidade e fazer sua inscrição, basta acessar o site oficial de informes do BNB e clicar na aba “01/10/2021 | Aviso Público de Apoio a Projetos Sociais – 2021”.

*Foto: Divulgação

Efeitos da inflação: BC está atento e comprometido com meta

efeitos-da-inflação-bc-está-atento-e-comprometido-com-meta

Efeitos da inflação foram impactados por itens voláteis, como alimentos e preços de energia, com tendência a serem mais esporádicos, afirma diretora do Banco Central

Na segunda-feira (11), Fernanda Guardado, diretora de Assuntos Internacionais e de Gestão de Riscos Corporativos​ do Banco Central, ressaltou que a autarquia está comprometida com a entrega da inflação na meta em 2022. Além disso, ela também está atenta aos efeitos da inflação no país.

Efeitos da inflação

A diretora, que participou de uma reunião anual do Institute of International Finance (IIF), avaliou que o preço de serviços no Brasil está em processo de realinhamento. Porém, mesmo assim a taxa atualizada ainda está em patamar considerado baixo.

Alta de preços

Por outro lado, a respeito da significativa alta de preços na economia, Fernanda afirma que a inflação foi impactada por itens voláteis como alimentos e preços de energia. Ambos tendem a ser mais esporádicos, apesar de estarem demorando mais para cederem.

Contudo, a diretora reconheceu que a surpresa nesses itens voláteis tem sido “bastante grande”. Ela disse em inglês.

“Por isso temos subido (a Selic) a um ritmo muito rápido, estamos ajustando nossa taxa de juros. E estamos almejando conter pressões inflacionárias de segunda ordem.”

E ainda complementou:

“É isso que temos em mente. Queremos trazer a inflação de volta à meta no ano que vem. Então estamos muito empenhados em alcançar esse objetivo. E vamos fazer tudo que pudermos fazer para fazer a inflação convergir para a meta a fim de conter essas pressões inflacionárias.”

Meta de inflação

Em contrapartida, a meta de inflação em 2022 é de 3,5%, com margem de tolerância de 1,5 ponto para mais ou para menos. Em seu cenário base, o BC vê o IPCA do próximo ano ligeiramente acima deste patamar, em 3,7%.

Em seu cenário base, o BC vê o IPCA do próximo ano ligeiramente acima deste patamar, em 3,7%. Já o mercado projeta inflação de 4,17% em 2022, segundo dados do boletim Focus mais recente. E que também houve projeção alta em setembro.

Neste caso, a taxa básica de juros está em 6,25% e o BC tem indicado que deve elevá-la novamente em 1 ponto percentual em sua próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), que ocorre no fim deste mês.

Inércia inflacionária

Contudo, a diretora do BC pontuou também que os modelos internos na autarquia não sugerem que a inércia inflacionária subiu muito. Ela frisou ainda que o país vive agora seu pico inflacionário. Isso considerando a taxa acumulada em 12 meses, e que este ritmo tende a perder força daqui em diante.

Já em relação ao quadro fiscal brasileiro, a diretora destacou que há muita incerteza sobre a gestão das contas públicas, o que tem sido impacto nas expectativas de inflação.

Ela concluiu essa incerteza para 2022 entra no balanço de riscos do BC na direção de inflação mais alta.

“Em um cenário com recuperação muito forte do consumo, vemos a necessidade para gasto extra como menor, mas isso, é claro, não cabe ao BC dizer, cabe ao governo e aos parlamentares decidir.”

*Foto: Reprodução/Sérgio Lima/Poder 360

Windows 11: com o lançamento oficial, aprenda como atualizar o sistema

windows-11-com-o-lançamento-oficial-aprenda-como-atualizar-o-sistema

Windows 11 tem atualização no Brasil gratuita para clientes da edição 10

Na terça-feira (5), a Microsoft anunciou oficialmente que seu novo sistema operacional Windows 11 já está disponível para atualização no Brasil, e é gratuita para clientes da edição 10.

O anúncio oficial do lançamento ocorreu em julho deste ano, já com a informação de que seria gratuita sua atualização.

Windows 11 – mais veloz e seguro

Além disso, o sistema Windows 11 é considerado mais veloz e seguro, e também possui algumas alterações visuais. A principal delas, que é mais notável, é o botão de iniciar no meio da tela e as múltiplas áreas de trabalho, onde cada uma conta com aplicativos e configurações próprias para cada usuário da máquina.

Facilitar a vida do usuário

De acordo com a Microsoft, o novo design do sistema deve facilitar a vida dos usuários, com famílias que dividem computadores em casa, seja para trabalhar ou estudar.

Microsoft Teams

Por outro lado, tem mais uma novidade da empresa de tecnologia. Trata-se do Microsoft Teams, que é uma plataforma de comunicação da companhia, que passa a vir integrado ao sistema operacional. Neste caso, o objetivo também é facilitar o trabalho remoto.

Como atualizar para o Windows 11

A migração será disponibilizada gradualmente e gratuitamente por meio do Windows Update. Porém, é possível fazer manualmente o processo.

  • Em primeiro lugar, verifique se o seu computador atende aos requisitos mínimos de atualização do sistema. Ou seja, o hardware para o funcionamento do SO deve ter ao menos 4 GB de RAM, 64 GB de espaço disponível e processador com mais de dois núcleos;
  • Se estiver apto, prepare a atualização criando uma conta na Microsoft. Mas transfira, por precaução, seus arquivos para nuvem do serviço no OneDrive, ou faça backup com um pen drive ou um HD externo. Caso prefira, é possível fazer o backup de tudo automaticamente: acesse a aba de “Configurações”, clique em “Atualização e Segurança”, acesse “Backup” no menu esquerdo e escolha uma unidade para salvar.

Passo a passo da instalação:

  • Acesse a aba de “Configurações” do Windows 10 e selecione “Atualização e Segurança”;
  • Clique em “Verificar se há atualizações” e espere até que o sistema verifique se há algo disponível;
  • Caso o Windows 11 já esteja disponível, espere até que a atualização seja baixada e reinicie o PC;
  • Siga todos os passos do sistema para finalizar a migração. Mas lembre-se de que esta parte pode consumir um tempo considerável até ser finalizada.

*Foto: Freepik